Tio Samba

Artista :

O Tio Samba, único representante do Estado do Rio de Janeiro a ser indicado ao 22º Prêmio da Música Brasileira no segmento Melhor Grupo de Samba, considera-se uma orquestra típica de samba. Formado em 1998, apresenta um repertório de composições de autores como Noel Rosa, Ismael Silva, Geraldo Pereira, Ary Barroso, Cartola, Baden Powell, Tom Jobim, Chico Buarque, etc., dando-lhes nova roupagem com arranjos que unem os característicos instrumentos de cordas e percussão dos grupos regionais de samba e choro aos sopros geralmente utilizados nas bandas de música, produzindo, deste modo, uma sonoridade diferenciada, muito vibrante e também sofisticada.

Sua atual formação conta com Carlos Mauro e Simone Lial (vozes), Marcio Arese (sax tenor), Fabiano Segalote (trombone e bombardino), Carlos Vega (tuba), Whatson Cardozo (clarineta e sax alto), Matheus Moraes (trompete), Bernardo Dantas (violão 7 cordas), Thiago Cunha (cavaquinho), Felipe Tauil, Alfredo Fred Alves e Marconi Bruno (percussão).

O conjunto já tocou com grandes compositores e intérpretes do samba, dentre eles, Wilson Moreira, Walter Alfaiate, Delcio Carvalho, Tia Surica e Paulo Marquez, além de ter se apresentado com artistas como Nana Caymmi, Germano Mathias e Luciana Alves.

Em seu currículo incluem-se apresentações em diversas casas de espetáculo, destacando-se a Sala Sidney Miller, da Funarte, a Sala Baden Powell, o Centro Cultural da Light, o Teatro Rival, o Teatro Municipal de Niterói, o Teatro da UFF, o Teatro Abel, o Allegro Bistrô da Modern Sound, a Choperia do Sesc-Pompéia, o Centro de Convenções do Anhembi, o Centro Cultural da Justiça Federal, o Clube dos Democráticos e o Centro Cultural Carioca.

Na qualidade de orquestra típica de samba, o Tio Samba tem se especializado em projetos homenageando figuras centrais da história de nossa música popular, como Ary Barroso (Café Zurrapa, 2003) e Carmen Miranda (É Batata!, 2009), por ocasião de seus centenários de nascimento.

Em setembro de 2003, o Tio Samba lançou seu primeiro CD, Quero Ver, com composições próprias e obras de nomes consagrados do samba. Em 2010, um novo CD: É Batata! – Carmen Miranda Revisited, dedicado a uma releitura do repertório da Pequena Notável.

FAZER ORÇAMENTO

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Artista escolhido:

Sua mensagem

Fazer Orçamento